Terça-feira, 8 de Julho de 2008

...sentir o teu cheiro.

O cheiro a ti. O cheiro que fica a pairar por aqui, mesmo quando não estás. O cheiro que fica na almofada e que me embala os sonhos. O mesmo cheiro que me leva de volta às tardes passadas num qualquer colchão no meio de um quarto escuro e desconhecido, onde nos perdíamos para depois nos encontrarmos. O cheiro que, quando se funde com o suor dos nossos corpos e à saliva dos nossos beijos, basta para me levar ao desespero. O cheiro que me aviva a lembrança daquela primeira vista que foi o nosso amor.


apeteceu a sofia às 08:53
link do post | favorito
De tudoanorte a 8 de Julho de 2008 às 18:19
Parece-me que gostas de poesia, se passares pelo " tudoanorte", haverá sempre espaço para um pedaço de uma boa poesia ( muita já ficou na casa velha!)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


.soltas

. todas as tags

.Julho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11

13
14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.em destaque

. Um homem do NORTE

RSS